Centro de Excelência em Esclerose Múltipla e Outras Doenças Desmielinizantes do Sistema Nervoso Central

04/10/18

Doença neurológica autoimune que provoca dificuldades motoras, problemas na fala, depressão, perda de sensibilidade, entre outros. No Centro de Esclerose Múltipla do Hospital Israelita Albert Einstein, os pacientes contam com atendimento integral abrangendo diagnóstico, acolhimento, tratamento e reabilitação, conduzidos pela equipe multiprofissional.

 

O tratamento da esclerose múltipla segue os seguintes protocolos:

  1. Pulsoterapia com Corticoesteróides;
  2. Tratamento com Plasmaférese;
  3. Tratamento com Natalizumabe;
  4. Tratamento com Fingolimode – oral – 1 ª dose;​
  5. Tratamento com Rituximabe;
  6. Tratamento com Alemtuzumabe;
  7. Tratamento com Ocrelizumabe;
  8. Tratamento com Imunoglobulinas – em casos especiais;
  9. Transplante Autólogo de Células Tronco Hematopoiéticas.

A estrutura do centro engloba vários setores dentro do complexo hospitalar, considerando:

  • Centro de terapia medicamentosa, onde são realizadas as infusões dos medicamentos;
  • Consultório institucional para primeira e segunda opinião sobre diagnostico e estratégias terapêuticas de acordo com os principais “guidelines” nacionais e internacionais, baseado em evidencias cientificas;
  • Unidades de internação neurológica;
  • Equipe de neurorradiologia especializada que auxilia no diagnostico e acompanhamento dos pacientes em tratamento, garantindo mais segurança aos pacientes;
  • Centro de reabilitação física e cognitiva para pacientes neurológicos.

Fonte: Site Hospital Albert Einstein


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *