Portfólio de Eventos

Mauricio Meirelles

Data: 22/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Festa Pablo

Data: 21/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 4.000

Tocando em Frente

Data: 20/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 900

Passeio Escolar Show Tur

Data: 20/10/2017
Local: Colégio estação do Aprender
Público: 200

FGV

Data: 19/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Lady Bug

Data: 15/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Conjadem 2017

Data: 13/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.000

Chá Rouge

Data: 13 e 14/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 4.000

Authentic Games

Data: 12/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

1ª Meia Maratona Nacional da Advocacia

Data: 08/10/2017
Local: Praia de Copacabana
Público: 3.000

Gregory Porter

Data: 07/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 900

José Augusto

Data: 06/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Bar 399

Data: 01/10/2017
Local: Bar 399
Público: <1.000

Niall Horan

Data: 01/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 2.500

Festival #ADR

Data: 30/09/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.000

Yom Kippur

Data: 29 e 30/09/2017
Local: Hotel Sheraton
Público: 950

Il Divo

Data: 28/09 e 11/10/2017
Local: Vivo Rio
Público: 2.000

Formatura UFRJ DGEI

Data: 28/09/2017
Local: Auditório Quinhentão
Público: <1.000

Dia Mundial da Alimentação


Estudos comprovam que uma alimentação rica em vegetais, grãos, azeite e peixes pode prevenir diversas doenças, principalmente aquelas relacionadas ao coração

Já está mais do que comprovado que adotar uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental para preservar a saúde e prevenir doenças. Nesse sentido, uma das dietas que mais se destaca pelos benefícios que promove à saúde é a do mediterrâneo, que é inspirada nos hábitos alimentares de países como Grécia, Espanha e Itália.

Composta principalmente por elevadas quantidades de vegetais crus e cozidos, frutas, grãos, cereais, azeite, peixes e consumo moderado de vinho e limitado de carnes vermelhas, a dieta mediterrânea é alvo de diversos estudos que ao longo dos anos têm apontado os efeitos benéficos desse padrão alimentar à saúde e, principalmente, ao coração.

Uma das pesquisas mais famosas sobre o assunto, realizada pela Universidade de Barcelona, na Espanha, revelou que 30% dos ataques cardíacos, derrames e mortes decorrentes de problemas do coração podem ser evitados com a adoção da dieta mediterrânea.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas avaliaram, durante cinco anos, 7.447 pessoas com sobrepeso, diabetes e outros fatores que predispõem a problemas cardiovasculares. Esses indivíduos foram divididos em três grupos: o primeiro seguiu uma alimentação com baixo teor de gordura e os outros dois foram orientados a seguir a dieta mediterrânea, porém, um dos grupos incluiu mais azeite nas refeições e, o outro, mais castanhas.

De acordo com os pesquisadores, o primeiro grupo não apresentou resultados satisfatórios. Já os dois últimos obtiveram os mesmos benefícios: reduziram em 30% os riscos de problemas cardíacos ao consumirem peixe pelo menos três vezes por semana e ao menos duas porções de frutas e verduras por dia. Além disso, as refeições de ambos os grupos foram acompanhadas por uma taça de vinho. Os alimentos industrializados e a carne vermelha foram eliminados.

A explicação para o resultado é que a combinação desses tipos de alimentos fornecem nutrientes importantes para o bom funcionamento do organismo e, em especial, para a saúde do coração. Dentro da dieta mediterrânea estão presentes, em abundância, gorduras monoinsaturadas, conhecidas como gorduras do “bem”, carboidratos complexos, fibras, betacaroteno, vitaminas C e E, polifenóis e diversos outros minerais que atuam na manutenção da saúde cardiovascular.

Redução e manutenção de peso

Para aqueles que desejam perder peso de forma saudável e em longo prazo, a dieta do mediterrâneo é uma das mais eficazes, segundo pesquisa realizada por cientistas israelenses e publicada no periódico The New England Journal of Medicine.

O estudo avaliou os efeitos de três tipos de dietas – a do mediterrâneo, a de restrição de carboidratos e a de restrição de gordura-, em 322 pessoas com sobrepeso e idades acima dos 50 anos.

Ao final das avaliações, os melhores resultados foram obtidos pelos grupos dos participantes que seguiram a dieta do mediterrâneo e a de restrição de carboidratos. Em seis anos, emagreceram por volta de dois a três quilos. Além disso, o grupo que realizou a dieta do mediterrâneo obteve um melhor controle das taxas de glicose no sangue.

Embora ambos os planos alimentares tenham gerado resultados parecidos, os cientistas consideram que a dieta do mediterrâneo é a melhor opção para manter o peso por ser nutricionalmente mais equilibrada e menos restritiva, o que a torna mais fácil de ser mantida por mais tempo em comparação com a dieta de restrição de carboidratos.

Cérebro jovem

Não é só o coração e o peso corporal que são beneficiados com a dieta do mediterrâneo. Pesquisadores da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, descobriram que esse padrão alimentar pode reduzir o declínio das funções cognitivas por conter nutrientes que ajudam a preservar as células cerebrais, minimizando as chances de desenvolvimento de doenças como Alzheimer.

Outra pesquisa, realizada em parceria por diversos pesquisadores ao redor do mundo e publicada no periódico americano Neurology, sugere que a dieta mediterrânea pode rejuvenescer o cérebro em cinco anos. A conclusão surgiu após os cientistas avaliarem a massa cinzenta do cérebro de 674 idosos, na faixa dos 80 anos, que seguiam a dieta regularmente.

Simples de seguir

Longe de ser restritiva, a dieta do mediterrâneo é bastante simples de ser seguida. Veja algumas dicas:

– Grãos integrais, frutas, vegetais, leguminosas (ex: feijão, lentilha), sementes (ex:castanhas), temperos naturais e azeite representam a base da dieta do mediterrâneo e podem ser consumidos diariamente.

Especialistas recomendam o consumo de até duas colheres diárias de sopa de azeite. Os vegetais podem ser inseridos nas principais refeições do dia, juntamente com os grãos integrais e as leguminosas. Já as frutas podem substituir a sobremesa e fazer parte dos lanches entre as refeições principais. Com relação às sementes, recomenda-se o consumo de um pequeno punhado por dia.

– O iogurte, o queijo, o frango e os ovos formam uma parte central da dieta mediterrânea e podem ser consumidos em porções moderadas entre três a quatro vezes na semana. O queijo, por exemplo, pode ser ingerido regularmente, mas em pequenas quantidades.

– Carnes vermelhas e doces podem ser consumidos, porém com menos frequência. Se você optar por comer carne vermelha, selecione pequenas porções de cortes magros e limite o consumo dessa proteína em até quatro vezes ao mês. Deixe os doces somente para ocasiões especiais.

– Vinho é permitido, mas somente com moderação. O recomendado é de até duas taças para os homens e uma taça para as mulheres ao dia.

Para saber qual é a quantidade ideal para você de porções de alimentos de cada grupo alimentar, procure a orientação de um nutricionista.

 

Fonte: Site Sulamérica

Dia Mundial do Coração

As doenças cardiovasculares são a causa nº 1 de mortes em todo o mundo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, só no Brasil, são registrados cerca de 350 mil óbitos anualmente – quase duas vezes mais que o número de mortes por câncer.

Mas, o que está por trás desses dados alarmantes? Quais são as causas para essas doenças tão letais? Embora a herança genética contribua, especialistas afirmam que os maus hábitos de vida cultivados pela população são os grandes vilões para o desenvolvimento das doenças do coração.

Sedentarismo, consumo em excesso de gorduras saturadas, sal e sódio, abuso de bebidas alcoólicas, além da exposição e falta de controle de fatores de riscos, como diabetes, hipertensão, colesterol alto e obesidade aumentam consideravelmente o risco de condições como infarto, acidente vascular cerebral (AVC), doença arterial coronariana, insuficiência cardíaca, entre muitas outras.

Obstrução da artéria coronária

Quase todas as doenças cardiovasculares têm origem no processo de aterosclerose, caracterizado pelo depósito de gorduras no interior das paredes das artérias, o que leva ao estreitamento desses vasos, reduzindo ou até mesmo impedindo o fluxo sanguíneo, prejudicando, assim, a irrigação de órgãos vitais como coração, cérebro e intestino.

Controlar os fatores de risco é essencial para evitar a aterosclerose e suas complicações graves, garantindo um coração saudável.  A prevenção só depende de você!

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que ¾ das mortes por doenças cardiovasculares poderiam ser evitadas com mudanças no estilo de vida. Veja a seguir algumas dicas essenciais para manter o seu coração protegido:

1 – Pressão arterial sob controle

A hipertensão é o mais importante fator de risco para o desenvolvimento das doenças cardíacas e vasculares no mundo. Se você é hipertenso, monitore constantemente a sua pressão e siga as orientações do seu médico. O ideal é que a pressão arterial não esteja acima de 12×8.

2 – De olho no colesterol

Altos índices de colesterol LDL (colesterol ruim) no sangue, proveniente principalmente da má alimentação, favorecem a aterosclerose aumentando o risco de problemas cardiovasculares.

Portanto, mantenha sob controle o seu colesterol e adote uma alimentação saudável: inclua mais frutas, legumes e verduras nas suas refeições, e reduza o sal, o açúcar e as gorduras saturadas e trans. Evite produtos industrializados, com alta concentração de sódio (exemplos: embutidos, como salame, mortadela e presunto) e beba 2 litros de água por dia.

3 – Mantenha seu peso ideal

Além de controlar o peso, é importante ficar atento à medida da circunferência abdominal, que não deve passar de 102 cm para os homens e 88 cm para as mulheres. A famosa “barriguinha de chope” pode ser extremamente perigosa para o coração por produzir substâncias pró-inflamatórias, que aumentam o risco de aterosclerose.

4 – Diga adeus ao cigarro

Além de estar relacionado a diversos tipos de cânceres, principalmente o de pulmão, laringe e boca, o cigarro é um dos maiores agressores das paredes dos vasos sanguíneos, mais um fator de risco para aterosclerose.

• Você sabia que após um ano sem o cigarro, o risco de ter uma doença coronária cai pela metade em comparação com uma pessoa que fuma? Procure ajuda médica e abandone já esse vício!

5 – Movimente-se

Uma vida sedentária aumenta em 54% do risco de morte por infarto e em 50% do risco de morte por derrame cerebral. Sem contar que o sedentarismo contribui para hipertensão arterial, obesidade, diabetes, colesterol elevado, entre outros problemas de saúde.

• Cerca de 30 minutos de exercícios por dia é o suficiente para prevenir as doenças do coração e ter mais qualidade de vida.

6 – Controle o estresse

O estresse libera hormônios que afetam o funcionamento adequado do organismo, elevando a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos, o que pode provocar um infarto ou AVC. Invista no seu lazer e em atividades que ajudam a controlar o estresse do dia a dia, como a meditação e o yoga.

 

Fonte: Site da Sulamérica

 Voltar

Dia Do Idoso- 1º de Outubro

À medida que os anos passam e envelhecemos, vivenciamos diversas mudanças, incluindo a chegada da aposentadoria, a perda de entes queridos, a saída dos filhos de casa, além de algumas alterações físicas, que podem trazer certas inseguranças no dia a dia.

A forma como lidamos e nos adaptamos frente a essas mudanças é a chave para vivermos uma vida plena e com qualidade – o que significa adotar uma postura positiva e atenciosa sobre nós mesmos, buscando cuidar da saúde, da alimentação, das relações sociais, entre outros campos da vida.

Envelhecer de forma saudável e com autonomia é uma conquista, que qualquer pessoa pode alcançar. A seguir elencamos algumas dicas para ajudá-lo a atravessar essa fase da vida com mais segurança e bem-estar:

1 – Mantenha-se fisicamente ativo

Além de contribuírem para melhorar a saúde de um modo geral e prevenir doenças, as atividades físicas aumentam a produtividade, a libido e o tônus muscular, e ainda promovem sensações de relaxamento e bem-estar. Apenas 30 minutos por dia é o suficiente para usufruir de todos esses benefícios.

2 – Invista nos seus hobbies

Todo mundo precisa recarregar as energias para viver bem. E isso só é possível investindo em hobbies e atividades que nutram o eu interior de cada um. O que você gosta de fazer? Descubra novos talentos!

3 – Crie rotinas

Ter uma rotina diária irá ajudá-lo a começar os seus dias com mais entusiasmo e já preparado para o dia seguinte.

4 – Amigos e família = felicidade

O ser humano precisa se manter conectado ao outro para se sentir pleno. Por isso, mantenha-se conectado com quem você se sente bem. Mesmo se a pessoa não está perto, dar um telefonema de vez em quando é uma excelente maneira de manter o relacionamento vivo.

5 – Mente ativa

O cérebro tem a capacidade de se desenvolver ao receber estímulos externos. Quanto mais você “exercitá-lo”, mais rápida será sua agilidade de raciocínio e melhor será a sua concentração e memória. Leia mais, faça palavras-cruzadas, resolva problemas de lógica. Essas atividades são excelentes maneiras de turbinar o seu desempenho mental e ainda prevenir doenças.

A chegada da terceira idade não é algo a se temer. Essa etapa da vida deve ser vista como uma nova fase para aproveitar todos os momentos com mais qualidade, descobrir novos caminhos, novos talentos e oportunidades!

 

Fonte: Site da Sulamérica

Mundo Bita

Data: 24/09/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.000

Padre Fábio de Melo

Data: 23/09/2017
Local: Vivo Rio
Público: 2.000

Casamento Maeia e Felippe

Data: 23/09/2017
Local: MAM
Público: 500

Festival de Canção

Data: 20/09/2017
Local: Centro Cultural João Nogueira
Público: <1.000

Natura

Data: 19/09/2017
Local: Grand Mercury Barra
Público: <1.000

47º Festival de Dança

Data: 17/09/2017
Local: Teatro Riachuelo
Público: 900

Aquatlhon

Data: 17/09/2017
Local: Praia de Copacabana- Posto 6
Público: 200

Circo Eloize

Data: 14 à 17/09/17
Local: Vivo Rio
Público: 900

Formatura ESPM 17.1

Data: 13/09/2017
Local: Teatro Riachuelo
Público: <1.000

Triathlon Infanto Juvenil

Data: 10/09/2017
Local: Geban Recreio Praia Clube
Público: 300

Rádio Taxi + Festa Ploc

Data: 09/09/2017
Local: Vivo Rio
Público: 3.500

Ciclismo

Data: 03/09/2017
Local: Enseada de Botafogo
Público: 250

Culto Evangélico

Data: 03/09/2017
Local: Ribalta
Público: >1.000

Os Melhores do Mundo

Data: 03/09/2017
Local: Vivo Rio
Público: 2.000

Fargner

Data: 02/09/2017
Local: Vivo Rio
Público: 2.000

Toquinho e João Bosco

Data: 01/09/2017
Local: Vivo Rio
Público: 2.000

Teste Físico para os Árbitros do Mundial Sub 17

Data: 31/08/2017
Local: Estádio Nilton Santos
Público: 1.000

Triathlon 4º etapa

Data: 27/08/2017
Local: Pedra do pontal, Praia do Recreio
Público: <1.000

Jacob Colier

Data: 25/08/2017
Local: Vivo Rio
Público: 900

Roy Hargrove e Roberta Gambrini

Data: 20/08/2017
Local: Vivo Rio
Público: 900

Barão Vermelho

Data: 19/08/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Postmodern Junkebox

Data: 18/08/2017
Local: Vivo Rio
Público: 4.000

Formatura UFF Direito

Data: 17/08/2017
Local: Igreja Lagoinha Niterói
Público: <1.000

Botafogo X Flamengo

Data: 16/08/2017
Local: Estádio Nilton Santos
Público: 10.000

Seta Experience Heroes

Data: 18 à 20/08/2017
Local: Rio Centro Pavilhão 5
Público: 3.000

Botafogo X Gremio

Data: 13/08/2017
Local: Estádio Nilton Santos
Público: 10.000

Oriente Acústico

Data: 12/08/2017
Local: Vivo Rio
Público: 4.000

Chitãozinho e Xororó

Data: 11/08/2017
Local: Vivo Rio
Público: 2.000

Colação de Grau 17.1 Unigranrio Odonto

Data: 10/08/2017
Local: Auditório CT  (UFRJ – Fundão)
Público: <1.000

Botafogo e Nacional URU (Copa Libertadores)

Data: 10/08/2017
Local: Estádio Nilton Santos
Público: >40.000

Marilia Mendonça

Data: 05/08/2017
Local: Vivo Rio
Público: 4.000

Vivo

Data: 02/08/2017
Local: Vivo Rio
Público: 600

Botafogo x Palmeiras

Data: 02/08/2017
Local: Estádio Nilton Santos
Público: >20.000

Tirulipa

Data: 30/07/2017
Local: Vivo Rio
Público: 500

Campeonato de Futebol dos Alunos do Colégio de A à Z

Data: 30/07/2017
Local: Rio Sport Center
Público: 250

Botafogo x São Paulo

Data: 29/07/2017
Local: Estádio Nilton Santos
Público: >20.000

Alice no País da Internet

Data: 28/07/2017
Local: Vivo Rio
Público: 500

Botafogo x Atlético Mineiro

Data: 126/07/2017
Local: Estádio Nilton Santos
Público: >20.000

Convenção de Pais

Data: 26/07/2017
Local: MAM
Público: 250

Som da Vida

Data: 13 à 15/07
Local: Parque dos Atletas
Público: Não Informado

Dia do Craque TIM

Data: 10/07
Local: Vargem
Público: 1.000

Zé Ramalho

Data: 08/07
Local: Vivo Rio
Público: 1.100

Boate All In

Data: 09/07
Local: Rio Centro – Pavilhão 5
Público: 2.000

Jorge Aragão

Data: 07/07
Local: Vivo Rio
Público: 1.100

Rio Triathlon (3ª Etapa)

Data: 09/07
Local: Pedra do Pontal, Praia do Recreio
Público: <1.000

The Owners Forum

Data: 29/06 à 01/07
Local: Copacabana Palace
Público: <1.000

Bat Mitzvá Colégio A. Liessin

Data: 02/07
Local: Hotel Royal Tulip
Público: 800

Casamento Julia e Guilherme

Data: 01/07
Local: Sítio dos Micos
Público: 180

Celebrare

Data: 30/06
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Formatura Direito UERJ

Data: 28/06
Local: Teatro Riachuelo
Público: <1.000

Botafogo x Avaí

Data: 26/06
Local: Estadio Nilton Santos
Público: >10.000

Tributo ao Rei do Pop

Data: 25/06
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Campeonato Brasileiro Cadete de Luta Olimpica

Data: 24/06
Local: Clube Jequiá
Público: <1.000

14 Bis e Beto Guedes

Data: 24/06
Local: Vivo Rio
Público: 900

Campeonato Regional Sudeste de Futebol 5

Data: 23 à 25/06
Local: Campos dos Goytacazes
Público: <1.000

Bat Mitzvá Colégio A. Liessin

Data: 21/06 e 02/07
Local: Clube Hebraica
Público: 800

Charraiá da Elba

Data: 14/06
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Spartan Race

Data: 11/06
Local: Deodoro
Público: 2.500

The Stylics

Data: 13/06
Local: Vivo Rio
Público: 900

Arraiá do Bita

Data: 11/06
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Boyce Avenue

Data: 10/06
Local: Vivo Rio
Público: 3.000

Isabela Taviani

Data: 09/06
Local: Vivo Rio
Público: 900

10.000 Maniacs

Data: 02/06
Local: Vivo Rio
Público: 900

Festa Tropical

Data: 03/06
Local: Vivo Rio
Público: <1.500

Manu Gavassi

Data: 04/06
Local: Vivo Rio
Público: 900

Duatlhon

Data: 04/06
Local: Aterro
Público: 500

Natura

Data: 31/05; 01, 12, 13/06
Local: Atlântico Búzios
Público: <1.000

Para se proteger da gripe ou do resfriado, a informação é a melhor vacina.

Gripe e resfriado têm causas, gravidades e tratamentos diferentes.

Saiba por que um diagnóstico médico preciso é fundamental.

No inverno, a incidência de doenças respiratórias aumenta devido a aglomeração de pessoas em locais menos ventilados. Esses ambientes facilitam a disseminação de vírus e, por isso, devem ser evitados. Manter boa alimentação, usar vestimentas adequadas e ingerir bastante líquido, além de praticar atividades físicas regularmente, são hábitos essenciais para a prevenção de gripes e resfriados. O resfriado é transmitido pelo contato direto de pessoa para pessoa, por meio das gotículas eliminadas ao falar, tossir ou espirrar. Não existe tratamento específico. Um erro comum é o paciente automedicar-se com antibióticos que, para tratamento de doenças causadas por vírus, serão totalmente ineficazes e poderão mascarar eventuais complicações. Repouso, alimentação leve e manter-se bem agasalhado são, sem dúvida, os melhores remédios. Analgésicos e antitérmicos, quando indicados pelo médico, podem melhorar a dor de cabeça e a febre. Já a gripe pode desencadear complicações, até mesmo fatais, se não diagnosticada e tratada adequadamente. A gripe costuma durar mais de uma semana e, além dos sintomas do resfriado, provoca febre alta, dores pelo corpo e fadiga. Pode também comprometer brônquios e pulmões, levando à pneumonia. Fique atento aos sinais e sintomas e, em caso de dúvida, procure seu médico.

 

Fonte: Sociedade Brasileira de Clínica Médica

Pare de fumar e aproveite mais.

 

As melhores coisas da vida pedem mais fôlego.

Os benefícios de parar de fumar são quase imediatos. Veja aqui alguns deles:

Depois de 20 minutos, sua pulsação e a pressão sanguínea voltam ao normal;
Em duas horas, não há mais nicotina no seu sangue;
Após oito horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza;
Após dois dias, seu olfato já percebe melhor os cheiros e seu paladar já degusta melhor a comida;
Depois de três semanas, a respiração fica mais fácil e a circulação melhora;
Depois de cinco a dez anos, o risco de infarto se torna igual ao de quem nunca fumou.

Pare agora! Pare já! Estamos ao seu lado para ajudar.

31 de maio. Dia Mundial sem Tabaco.

 

Fonte: One Helth

Roberta Miranda

Data: 27/05/2017
Local: Vivo Rio
Público: 900

Campeonato Brasileiro Junior de Luta Olímpica

Data: 27/05/2017
Local: Jequia Iate Club
Público: <1.000

Renaissance

Data: 26/05/2017
Local: Vivo Rio
Público: 4.000

IGRC 2017

Data: 23 à 26/05/2017
Local: Rio Centro – Pavilhão 5
Público: <1.000

Tazer Craft

Data: 21/05/2017
Local: Vivo Rio
Público: 2.000

Diogo Nogueira


Data: 20/05/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Mariza

Data: 19/05/2017
Local: Vivo Rio
Público: 900

FGV

Data: 18/05/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Daniel Boaventura

Data: 13/05/2017
Local: Vivo Rio
Público: 1.500

Prophets of Rage

Data: 12/05/2017
Local: Vivo Rio
Público: 2.000